Loading...

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Poema Raiz

Criou raiz
A velha ideia que deixei no chão
Esperando o dia de virar canção
Versos e acordes pra te ver sorrir
Do fundo da alma toda inspiração
Que deixei escapar por aí

Espalhei
Sementes ao vento sem precaução
Foi então que vi tudo que imaginei
Tomando o rumo da prosa
Sinuosa feito planta rasteira
O que brota do coração a gente cuida
Seja a bela rosa ou capim-cidreira

Nenhum sentimento se desperdiça
Todo gesto de amor vale a pena
Fiz poema da flor que nascia
Pensei que fosse poesia
As frases soltas no jardim
Mas era só erva-daninha
Pensei que fosse poesia
As frases soltas no jardim
Mas não era

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Usina



Dormiu até tarde e acabou perdendo a carona
Não era bem assim que pretendia começar a semana
Postou no mural frases de amor e incentivo
Além de algumas fotos de moças desinibidas

Fez da tragédia distração
Riu da própria condição
E seguiu em passos cegos

Brindou mais uma aquisição
Pra somar à sua coleção
De álbuns incompletos

Fez das tripas coração
E da dor que conhecia bem
Lembrou da falta que fazia

Sonhos ficaram pra depois
Mas o futuro já se foi
Faz tempo

Tanto quis recomeçar
Que deixou a chance escapar
Como fumaça da usina

Sobrava coragem
Só não via vantagem
Em mudar de rotina

terça-feira, 8 de maio de 2012

Frases de Efeito

O mestre coração
Mandou lembranças
O mestre mandou
Fazer de conta
Virar de ponta cabeça
Pular numa perna só

Eu conto estrelas cadentes
Em tanta gente isso causa espanto
Pra tanta gente são só pirilampos
Pra outras tantas é o sol

Saiu de cena sem dizer
Frases de efeito
Por falta de jeito decidiu ficar
Do lado de fora
Voltou ao começo apesar
De estar tão perto
E se tudo mais falhar, vai ver
Que ainda vale a pena apostar no amor
O amor ainda pode dar certo

O mestre coração
Tomou distância
O mestre mandou
Fazer careta
Passar por baixo da mesa
Dançar sem os pés no chão

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

A Fim de Nada

Quem me conhece sabe muito bem

Que esse jeito bobo de te olhar
Não é meu modus operandis
Ninguém explica o poder que você tem
De me causar
Esse conflito inconstante

Odeio quando você me deixa sem ação...

Quem me conhece sabe muito bem
Que eu nunca fui de me render
A qualquer rosto bonito

Se me perguntam, posso até negar
Mas se te vejo chegar
Me entrego e admito

Odeio quando você me deixa sem ação
Na frente dos meus amigos
E quanto mais procuro disfarçar
Quanto menos eu consigo

Hoje não estou afim de nada
Já aluguei um vídeo e apaguei a luz do quarto
Vou terminar o livro emprestado
Que eu não consigo devolver
Do fundo do meu coração
Eu juro que me mato se eu não puder te esquecer
Talvez, com um pouco de sorte
Minha causa mortis não aponte você
Espero que você se toque
E entenda que tudo que quero é nunca mais te ver

Mas se você quiser aparecer
Eu vou ficar o dia todo em casa.

Olhos e Dentes

Eu falo com os olhos e travo os dentes


Talvez você não queira entender
Mas vou dizer do meu jeito
Talvez você não queira entender
Mas eu vou dizer
Estou cansado destes métodos
Pra me convencer
Também não estou dizendo
Que não possa acontecer
Eu não preciso ser igual a todo mundo
Se todo mundo quer, todo mundo pode ser
Mas eu preciso de tempo pra isso tudo
Não vou ficar aqui
Eu não vou ficar
Não vou ficar aqui só pra te agradar

Eu falo com os olhos e travo os dentes

Tantas estrelas não me farão mudar
Me deixe em casa
Depois a gente pode conversar
Me deixe em casa
Eu não vou ficar aqui

Depois do segundo sinal
Dobre à esquerda
E siga até o final

Eu falo com os olhos e travo os dentes